sexta-feira, 21 de maio de 2010

Via facebook do Sérvulo Augusto

Adorei esse post do Sérvulo ;)

"O passado é um alimento, que guardo em estoque, com toda segurança e reserva.Ele não me envelhece, embevece, bebo da sua sabedoria e reescrevo o que nem vivi.

Ouço sons, que foram soterrados pelo peso do novo...e eles me invadem energicos. Há espaço para novos sons, nos espaço do que foi deixado, a partir da invenção da roda. Nossa melhor descoberta" ( João Barbosa )

Nenhum comentário:

Postar um comentário