quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

JR Artist by Rebecca Tribble


I am reaching out to certain website and blog owners that publish content in line with our mission to make all the world’s art accessible to anyone. We hope to continue promoting arts education and accessibility with your help.

Our JR page provides visitors with JR's bio, over 70 of his works, exclusive articles, and up-to-date JR exhibition listings. The page also includes related artists and categories, allowing viewers to discover art beyond our JR page.

Best,
Rebecca Tribble

"What we see changes who we are."
-JR

http://www.artsy.net 

Piper - This movie, Piper, has won an oscar for the best animated short film, fonte AB News & Amp viral videos




Mensagem de 2011 por Miriam Goldenberg via uol, que continua válida pra refletirmos e colocarmos em prática em 2018 ;)



OUTRAS IDEIAS

MIRIAN GOLDENBERG miriangoldenberg@uol.com.br

Feliz Ano-Novo


Inspirada em Leila Diniz, repetirei silenciosamente um mantra nas situações difíceis de 2011



MINHAS RESOLUÇÕES para 
o Ano-Novo: 
Em primeiro lugar, rir muito mais. E também: 
Cantar mais; 
Dançar mais; 
Dizer mais não; 
Curtir amigos e amigas; 
Namorar mais; 
Não levar a vida tão a sério 
e não ficar obcecada com pequenos problemas; 
Não me importar tanto 
com a autoimagem; 
Não me preocupar com a 
opinião dos outros; 
Não tentar agradar a todo 
mundo; 
Ser mais leve; 
Estar com pessoas divertidas e relaxadas; 
Ver mais comédias e 
shows divertidos; 
Fugir de pessoas pesadas 
e invejosas; 
Ignorar os maledicentes; 
Buscar prazer no dia a dia; 
Ser menos crítica com os 
outros e comigo mesma; 
Transformar tragédia em 
comédia; 
Não me cobrar tanto; 
Não me comparar com os 
outros; 
Gostar mais de mim; 
Ser minha melhor amiga; 
Ser simples; 
Conviver mais com crianças e brincar mais; 
Viver cada dia como se fosse o último; 
Ter conversas descontraídas e engraçadas; 
Receber muita massagem; 
Chorar no momento que tiver que chorar; 
Ouvir e falar besteiras; 
Deixar que riam de mim e 
rir com eles; 
Perder a vergonha de mim 
mesma; 
Ter menos culpa; 
Ser cada vez mais espontânea e verdadeira; 
Ser "meio Leila Diniz". 
Afinal, Leila dizia: "Sou 
uma pessoa livre e em paz 
com o mundo. Conquistei a 
minha liberdade a duras penas, rompendo com as convenções que tolhiam os meus 
passos. Por isso, fui muitas 
vezes censurada, mas nunca 
vacilei, sempre fui em frente. 
Tudo que fiz me garantiu a 
paz e a tranquilidade que tenho hoje. Sou Leila Diniz, 
qual é o problema?"
Inspirada em Leila Diniz, 
pretendo, em 2011, repetir um 
mantra em diferentes situações que me fizerem sentir insegurança, inadequação, 
medo, frustração. 
Um mantra que irá me proteger de vaidades, invejas, 
violências físicas e verbais, 
politicagens, fofocas, desrespeito, falta de gentileza e de 
reconhecimento e competição exacerbada tão presentes no Brasil hoje. 
Imitando Leila Diniz, repetirei o mantra, silenciosamente, nos momentos difíceis 
de 2011: "Sou Mirian Goldenberg, qual é o problema?" 
E você, leitor, quais são 
suas resoluções para 2011? 


MIRIAN GOLDENBERG, antropóloga e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, é autora de "Por Que Homens e Mulheres Traem?"(Ed. BestBolso)

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Amor por Clarice Lispector

O caminho que eu escolhi é o do amor. Não importam as dores, as angústias, nem as decepções que eu vou ter que encarar. Escolhi ser verdadeira. No meu caminho, o abraço é apertado, o aperto de mão é sincero, por isso não estranhe a minha maneira de sorrir, de te desejar o bem. É só assim que eu enxergo a vida, e é só assim que eu acredito que valha a pena viver. Clarice Lispector

sábado, 19 de agosto de 2017

Fernando Pessoa

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos meus lugares. É o tempo da travessia e, senão ousarmos fazê-lo teremos ficado pra sempre à margem de nós mesmos.

Grande Fernando Pessoa <3 br="">

sábado, 12 de agosto de 2017

Eu preciso, original em 30/01/1989

Num aconchegante café, eu me fiz essa simples pergunta: - O que eu preciso ?/

Meu poema: Eu preciso, com *duas sugestões de um ser humano especial, de outro planeta, a N.V.


Eu preciso respeitar os sinais enviados pelo universo
Eu preciso curtir mais os pequenos prazeres da vida
*Eu preciso ter mais coragem 
Eu preciso de música
Eu preciso de sol
Eu preciso de vida
Eu preciso de cores
Eu preciso de carinho
Eu preciso de você
Eu preciso aprender mais com o meu filho
Eu preciso sonhar mais

Eu preciso de mais amor
Eu preciso de mais encontros verdadeiros
Eu preciso de acolhimento
Eu preciso de respeito
Eu preciso errar mais
Eu preciso de menos opiniões alheias
Eu preciso segurar melhor as rédeas da minha vida
Eu preciso ouvir muito e falar pouco
Eu preciso de uma viagem interior
Eu preciso ouvir atentamente o silêncio
E finalmente eu preciso sorrir e * sorrir ainda mais...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Cordas

Por um mundo repleto de Marias

Mais uma homenagem a Maria Villar Galaz, uma amiga e uma sobrinha muito especial  <3 br="">


<3 br="" nbsp="">



Esse vídeo é genial !
 
https://www.youtube.com/watch?v=QUhmfeR9OZc