domingo, 24 de maio de 2009

Amor

O amor é um fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer
É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É nunca contetar-se de contente
É cuidar que se ganha sem perder...
Camões

Nenhum comentário:

Postar um comentário