sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Nunca desista...

Mais uma letra deliciosa

Nunca desista
Rodrigo Santos


A sorte está lançada
Jogou a ancora pra nada
A gente acha que tudo
Se resolve de uma vez

E de qualquer maneira
Seja num dado ou numa cartada
Quem a gente quer
Nem sempre se resolve de uma vez

Descobri que havia menos dois degraus na escada
E mais espaço no elevador
A bota já não está tão apertada
E da janela da casa vejo o sol se por

Se não houver vento, reme
Se não houver lua, uive
Se estiver sem ar, se inspire
Mas nunca desista do seu amor
Se não houver chance, crie
Se houver silêncio, grite
Se não houver palavra, escute
Mas nunca desista do seu amor


Já faz algum tempo
Que eu ouço tudo o que você me diz
Nós demos chance de entender
O que você fez e o que eu fiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário