terça-feira, 19 de abril de 2011

Inside Out Project - Peace, love and dreams




Môrrr Felizzzz...minha foto, foi uma das fotos selecionadas para o

http://www.insideoutproject.net/

Love, Children and elderly




About The Project


INSIDE OUT is a large-scale participatory art project that transforms messages of personal identity into pieces of artistic work. Everyone is challenged to use black and white photographic portraits to discover, reveal and share the untold stories and images of people around the world. These digitally uploaded images will be made into posters and sent back to the project’s co-creators for them to exhibit in their own communities. People can participate as an individual or in a group; posters can be placed anywhere, from a solitary image in an office window to a wall of portraits on an abandoned building or a full stadium. These exhibitions will be documented, archived and viewable virtually.

INSIDE OUT is a collaboration between the artist JR, the TED Prize and you.

INSIDE OUT is funded by The Sapling Foundation, Social Animals and generous donations from people like you.

Website strategy, design and build courtesy of HUGE.

Mais considerações sobre o JR, nome artístico ou apelido vem das iniciais do nome.
http://jr-art.net/

Matéria recente no Brasil via Serafina ( Jornal Folha de SP )em Abril/2011, onde conheci um pouco mais do seu trabalho e fiquei fascinada.

Alguns trechos da matéria Ensaio by JR - Texto Fernanda Ezabella, de Los Angeles

- É um francês magrelo e falador, tem seus 27/28 anos, adora seu anomimato, não aparece em público sem chapéu e óculos escuros, nasceu no subúrbio de Paris e encontrou uma câmera fotográfica no metrô da cidade e que a mesma mudou a sua vida aos 17 anos, o então pichador, deixou a lata de spray de lado e passou a registrar os amigos em ação. Cópias em papel A4 eram coladas nas ruas e "emolduradas" com grafite. Criou assim a gênese de seu trabalho, de tornar visíveis os invisíveis.
- Considera-se apenas um artista de poster, não se considera nem grafiteiro e nem fotógrafo.
- Prêmio TED no conceito Desejo de mudar o mundo
- Nunca aceitou patrocinadores. Financia seus projetos do próprio bolso, de livro que vende ou trabalhos que chegam à US$ 100 em galerias.

That's it, tks and bora prá Ação Global ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário